26 de out de 2010

...

Eu sempre gostei de pensar o nosso amor nunca acabou. Ou melhor, que o meu amor por você nunca acabou. Acho que ele deve ter se transformado em algo lindo, maior, infinito. Evoluiu. É isso, evoluiu. E por algum motivo, seja por imaturidade, orgulho ou humanidade sejamos incapazes de vive-lo. O nosso amor foi maior que tudo - maior que a sua frieza, maior que meu sarcasmo. Maior que nós dois. Maior, tão maior que não coube na gente.


Paula Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário