31 de ago de 2007

Justiça???

Promotor acusado de assassinato ganha
cargo vitalício e se livra do júri

O Órgão Especial do Ministério Público Estadual efetivou ontem (29/08/2007) Thales Ferri Schoedl no cargo de promotor de Justiça. Acusado de assassinar um rapaz e balear outro em dezembro de 2004 na Riviera de São Lourenço, litoral paulista, Schoedl, de 29 anos, ganhou direito a foro rivilegiado. Assim, em vez de enfrentar júri popular, ele será julgado pelo Tribunal de Justiça. Além disso, voltará às suas atividades de promotor substituto e continuará a receber o salário de R$ 10,5 mil.

Schoedl matou a tiros o estudante Diego Mendes Modanez, de 20 anos, e feriu o estudante Felipe Siqueira Cunha de Souza, que na época tinha 20 anos. O crime aconteceu na saída de uma festa. O promotor disparou 12 tiros em Modanez e Souza. Em depoimento, disse que voltava para casa com a namorada Mariana Uzores Batoleti, então com 19 anos, quando um grupo de mais de dez rapazes passou a mexer com a moça. Schoedl afirmou que agiu em legítima defesa.

Apesar da repercussão do assassinato, o julgamento de ontem não levou em consideração o caso de Bertioga. O que se analisava era a conduta profissional de Schoedl antes do crime. Dos 42 procuradores membros do Órgão Especial, 40 podiam votar, mas só 31 compareceram à sessão - 16 optaram por manter Schoedl no cargo e 15 foram contra. 'É lamentável. Ele não tem condições de permanecer na carreira. Demonstrou que não tem capacidade para trabalhar como promotor', disse o procurador-geral de Justiça do Estado, Rodrigo Pinho, chefe do MPE, que ofereceu a denúncia contra Schoedl. Os nomes dos procuradores que votaram pela permanência do promotor não foram divulgados.

Pinho informou que é possível questionar o resultado do julgamento no Conselho Nacional do Ministério Público. 'A solução é o controle externo. A própria família poderá entrar com um pedido de providências e já confirmou que vai fazer isso.'

Fonte: Jornal O Estado de São Paulo

Um promotor de justiça que promove a violência, o sofrimento e interrompe sonhos deve continuar no cargo? Deve continuar trabalhando como se nada tivesse acontecido? Talvez muitos digam que não. Mas não é o que o colegiado do Ministério Público de São Paulo decidiu. Portanto vamos continuar pagando a bagatela de R$ 10.500 para que o nobre promotor continue tendo mordomias, vestindo roupas de grife, comendo nos melhores restaurantes, viajando e caminhando nas ruas como um cidadão de bem.

Dá para acreditar na justiça?

Eu ainda acredito... na justiça divina.

21 de ago de 2007

"A vida rompe os limites das fórmulas."

Estou postando uma poesia que acho belíssima. Na verdade, é um trecho de um poema de Olavo Bilac chamado Via Láctea. Não sou fã de Bilac, assim como não sou fã dos poetas parnasianos que em sua maioria se preocupavam apenas com a forma do poema. Todavia nessa poesia, o poeta desnudou os seus sentimentos e nos brindou com um lindo e longo poema, do qual publico uma parte.

Via Láctea

"Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-las, muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto...

E conversamos toda a noite, enquanto
A via-láctea, como um pálio aberto, cintila.
E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.

Direis agora: "Transloucado amigo,
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizem, quando estão contigo?"

E eu vos direi: "Amai para entendê-las!
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas".

16 de ago de 2007

Legalizar o aborto é legalizar um crime

Foi realizada, em Brasília, na última quarta-feira, a Marcha Nacional em Defesa da Vida, com apoio e participação de várias entidades religiosas e civis. O ato foi promovido pelo movimento "Brasil sem Aborto".

O objetivo do protesto é mostrar a indignação dos cidadãos em relação a legalização do aborto no Brasil. Sou católica e contra o aborto, por isso apoio o movimento. O Brasil vive tempos de violência gratuita e quer legalizar um assassinato? Que moral teremos para combater a violência? Estamos lidando com vidas, e vidas indefesas. Abaixo, segue um texto sobre o aborto.

Carta de um bebê a sua mãe

Oi mamãe, tudo bom? Eu estou bem, graças a Deus. Faz apenas alguns dias que você me concebeu em sua barriguinha. Na verdade, não posso explicar como estou feliz em saber que você será minha mamãe. Outra coisa que me enche de orgulho é ver o amor com que fui concebido. Tudo parece indicar que eu serei a criança mais feliz do mundo!

Mamãe, já se passou um mês desde que fui concebido e já começo a ver como o meu corpinho começa a se formar, quer dizer, não estou tão lindo como você, mas me dê uma oportunidade! Estou muito feliz! Mas tem algo que me deixa preocupado... Ultimamente me dei conta de que há algo na sua cabeça que não me deixa dormir, mas tudo bem, isso vai passar, não se desespere.

Mamãe, já se passaram dois meses e meio, estou muito feliz com minhas novas mãos e tenho vontade de usá-las para brincar. Mamãezinha me diga o que foi? Por que você chora tanto todas as noites??? Porque quando você e o papai se encontram, gritam tanto um com o outro? Vocês não me querem mais ou o que? Vou fazer o possível para que me queiram...

Já se passaram 3 meses, mamãe, te noto muito deprimida, não entendo o que está acontecendo, estou muito confuso. Hoje de manhã fomos ao médico e ele marcou uma visita para amanhã.. Não entendo, eu me sinto muito bem... por acaso você se sente mal mamãe? Mamãe, já é dia, onde vamos? O que está acontecendo mamãe? Porque chora? Não chore, não vai acontecer nada... Mamãe, não se deite, ainda são 2 horas da tarde, não tenho sono, quero continuar brincando com minhas mãozinhas. Ei!!! O que esse tubinho está fazendo na minha casinha??? É um brinquedo novo??? Olha!!! Ei, porque estão sugando minha casa?? Mamãe!!! Espere, essa é a minha mãozinha!!! Moço, porque a arrancou??? Não vê que me machuca??? Mamãe, me defenda!!! Mamãe, me ajude!!! Não vê que ainda sou muito pequeno para me defender sozinho?? Mãe, a minha perninha, estão arrancando!!! Diga para eles pararem, juro a você que vou me comportar bem e que não vou mais te chutar. Como é possível que um ser humano possa fazer isso comigo? Ele vai ver só quando eu for grande e forte ai mamãe, já não consigo mais....ai.... mamãe, mamãe, me ajude....

Mamãe, já se passaram 17 anos desde aquele dia, e eu daqui de cima observo como ainda te machuca ter tomado aquela decisão. Por favor, não chore,lembre-se que te amo muito e que estarei aqui te esperando com muitos abraços e beijos.
Te amo muito!!!
Seu bebê.

(Autor desconhecido)

12 de ago de 2007

Obrigada, pai!

Hoje, é dia dos pais. Enquanto muitos estão com seus pais comemorando, eu estou sentindo uma enorme saudade do meu. Pois meu pai não está mais aqui, não fisicamente. Contudo está no meu pensamento e no meu coração. A vida nos prega peças nem sempre agradáveis. É difícil não ter meu pai junto de mim, com toda a sua calma e paciência, sobretudo quando me ensinava as tarefas de matemática. Era um pai amigo, carinhoso e do qual tenho muito orgulho. Ele é o meu maior exemplo de determinação e de que nunca devemos desistir dos nossos sonhos. Aos que têm o privilégio de ter um pai ao lado, digo que valorizem cada segundo ao lado dele, pois ninguém sabe o dia de amanhã. Valorizem as pessoas que vocês amam, valorizem os momentos que parecem banais, mas que deixarão doces recordações. Felizmente, tenho vários momentos assim para recordar. Abaixo, uma singela homenagem ao meu amado e inesquecível pai...


“Obrigada, pai, pela vida.
Pela coberta que me aquece.
Pelo teto que me abriga.
Por tua presença amiga.

Obrigada, pai, pelos doces, pelos presentes.
Pelos passeios na praça.
Obrigada, pai pelo suor na fronte
E pelos braços cansados no final da jornada
Para que nada me faltasse.

Obrigada, pai,
Pelas noites em claro
Quando o dinheiro não deu
E mesmo assim,
Nunca nos abandonaste.
Porque me castigaste
Quando eu estava errado
E por tentar me mostrar
O caminho da verdade.

Obrigada, pai,
Por tantas vezes que abdicaste
Teus sonhos para realizar os meus
E abriste mão das tuas vontades
Para realizar meus caprichos.
Obrigada, pai, porque tu existes!”


Mesmo que não estejas fisicamente perto de mim, estais dentro do meu coração e pertinho de Deus intercedendo por mim. Lembro que, certa vez, o senhor me disse que o time pelo qual torcia era: eu. Por isso faço de tudo para que o senhor tenha orgulho de mim. Não é fácil viver sem a sua presença amiga e sem as suas palavras de incentivo, mas vivo na certeza de um dia poder te reencontrar.
TE AMO!!!

7 de ago de 2007

Conto de fadas do século XXI

Era uma vez, numa terra muito distante, uma princesa linda, independente e cheia de auto-estima que se deparou com uma rã enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo estava de acordo com as conformidades ecológicas. Então a rã pulou para o seu colo e disse:

- Linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito. Uma bruxa má lançou-me um encanto e eu transformei-me nesta rã asquerosa. Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir lar feliz no teu lindo castelo. A minha mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavarias as minhas roupas, criarias os nossos filhos e seríamos felizes para sempre...

Naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã à sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria e pensava... Nem morta!

Luis Fernando Veríssimo